Buscar
  • Mariam Abed Ali

Pele negra: Tons e subtons de maquiagem


Meus primeiros trabalhos de maquiagem para ensaios fotográficos foram em 2014 com uma fotógrafa super parceira. A mesma, de pele negra, fotografava muitas mulheres de sua família e conhecidas que também eram negras. Nossa maior dificuldade era na hora de conseguir bases que tivessem o tom e subtom correspondente. Dentro dos subtons, temos os frios e quentes. Normalmente encontrávamos duas bases com tons diferentes para pele morena e apenas no subtom frio. Marcas internacionais eram e continuam muitas vezes com o preço LÁ EM CIMA e a própria fotógrafa muitas vezes só se maquiava com uma máscara de cílios e batom porque não encontrava um tom/subtom que correspondesse à sua pele dentro de alguma marca nacional.

Nosso maior objetivo era reavivar a autoestima delas e realçar suas belezas. COMO FAZER ISSO, se não existiam variedades desses tons e subtons no mercado nacional da beleza? “Ah, mas que frescura! Eu de pele clara as vezes compro um tom diferente porque é o que tinha na farmácia”. Primeiro, existe facilidade em ACHAR o seu subtom numa farmácia. Segundo, provavelmente você comprou a base que tinha por que o seu tom estava em falta. Não porque não fabricam o produto que corresponde o seu tom e não atenda a sua necessidade.

Se você segue a maravilhosa bbb21 @camilladelucas, vê que ela ressalta muito a felicidade durante o programa quando usa produtos que correspondem ao se tom de pele. Ou se você acompanha outra mulher linda aqui do instagram, a @anapaulaxongani, vai ver bastante sobre como isso é algo que afeta, qual o sentimento, as lembranças e o que é viver sendo mulher preta, até num país como o Brasil, onde elas são maioria. Um dos vídeos que mais me tocou, foi quando a Ana Paula Xongani recebeu uma maleta, de uma marca nacional de maquiagem, personalizada com o seu nome e tinham várias bases e alguns outros produtos de maquiagem. Eu como maquiadora, via que não tinha a ver se quer com o subtom de pele, imagine o tom. A mensagem do vídeo é tocante, repostaremos no story da Mezcla Mulher. Acredito que esse vídeo possa ter tocado algumas outras marcas para ampliar a gama de produtos.



Muitas delas, começaram a fazer consultoria com pessoas de peles negras para ampliar seu catálogo e atender os seus diversos tons e subtons. A @avonbrasil é uma das marcas que se preocupou nesse aspecto. É uma marca que já tinha alguns produtos, mas foi feliz em expandir e, hoje, quando pego alguma revista/catálogo da AVON, vejo mais páginas cheias desses produtos do que antigamente acontecia.

Por mais marcas e pessoas que entendam a importância dessa luta e que todos merecem sentir-se bem, acolhidos e elevar-se na sua beleza. Afinal, somos todas mulheres consumidoras ativas!!!






13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mudar