Buscar
  • Mezcla Mulher

Formando em nutrição


Gabriela Basañez

Nascida no último dia de peixes, talvez por isso tenha mais características do signo de áries, nossa entrevistada da semana é a estudante de nutrição,Gabriela Basañez. Baiana, de Salvador, Gabi é uma jovem mulher que corre atrás dos seus objetivos com muita coragem e determinação. Desde pequena sempre amou nutrição e foi atrás da formação necessária para levar o estilo de vida saudável como profissão, e assim ajudar a muitas pessoas a terem conhecimento sobre a importância de se ter uma boa alimentação.

É uma honra para nós da Mescla Mulher compartilhar sua história nesse espaço. Temos certeza de que irá empoderar e inspirar muitas mulheres a buscarem seus sonhos.

1. Defina Gabriela Basañez em 3 palavras.

Determinação

Coragem

Independência


2. Conte um pouco da sua trajetória e da sua formação.

Desde os 13 anos, sempre me interessei pelo exercício e alimentação saudável. Foi a partir dessa idade que mudei minha alimentação me reeducando com o que eu tinha conhecimento. Sempre soube o que queria fazer, desde que saí do colégio.

Aos 18 anos entrei na faculdade de nutrição e já tomei um "susto" quando me deparei com uma imensidão de cálculos e fórmulas. Nutrição é um mundo. Na minha trajetória acredito que não há nada que não possamos fazer, desde que queiramos e nos esforcemos de verdade.

O importante é, se você não sabe, busque aprender e tudo ficará mais fácil, dessa forma, concluí meus semestres com determinação e tranquilidade.

No sexto semestre peguei minha primeira matéria na área hospitalar e fiquei apaixonada pela área, me esforcei mais ainda e tive grandes aprendizados com ela. Atualmente me encontro no 8° semestre, quase completando meu curso. Diria que é, de fato, o semestre mais difícil por conta de ter a elaboração do TCC, juntamente ao estágio e matérias interativas.


3. O que te fez escolher a Nutrição como formação?

Comecei a criar interesse por nutrição quando completei meus 13 anos. Por gostar do ambiente das academias e me sentir bem com os exercícios, queria aprender sobre a alimentação e como poderia me ajudar a alcançar meus objetivos de ter um corpo saudável.



4. Quais os desafios que um profissional de nutrição tem que enfrentar ao longo da carreira?

São inúmeros. Na minha trajetória encontrei duas coisas que foram as mais marcantes e vieram como barreiras ou desafios. A primeira foi o fato de que quando entramos no curso temos uma expectativa totalmente diferente do que ele é. O curso em si possui várias complexidades e exige bastante dedicação do universitário. A determinação foi muito importante para seguir adiante.

A segunda foi o modo como as pessoas se referiam ao curso, com comentários como "nutrição não dá dinheiro", "nutrição não agrega em mudança". Essas pessoas possuem ideias completamente equivocadas sobre a nutrição e acabam disseminando informações erradas e que de certa forma abalam o universitário na sua trajetória. Nutrição é muito importante. A gente precisa saber o que está comendo e de que forma estamos nos nutrindo. E o dinheiro com certeza vem para os bons profissionais que fazem a diferença.


5. Como está sendo concluir a universidade de nutrição em tempos de pandemia?

Todo mundo sabe que a melhor forma de aprendizado é a prática, mesmo que você entre em um local sem ter muito conhecimento, com certeza você sairá de lá com mais experiência e preparo.

As aulas nesse último semestre estão sendo oferecidas pela internet, é diferente, fato. Aprender em sala de aula é sempre mais gratificante até pela interação com seus colegas e professor. Mas, apesar da pandemia, o estágio continua presencial, cumprindo com todos os protocolos e os cuidados contra a covid-19, como uso de máscara, distanciamento e higienização de mãos. Assim, está sendo possível exercer nossas ações, aprender e colocar em prática com tranquilidade e segurança.



6. Quais são seus planos para o futuro?

Sobre o curso pretendo fazer o concurso para a Marinha ou para residência. Fico muito satisfeita ao me imaginar em ambos.


7. Que conselho você dá para quem pensa em seguir a carreira de nutrição?

Eu diria que tenham perseverança, nos primeiros momentos talvez fiquem surpresos com todos os aspectos que o curso de nutrição envolve. Mas, a partir de determinado semestre a satisfação e o interesse que sentimos pela nutrição e pelo cuidado ao outro é inestimável. Saber que você pode mudar a vida de alguém para melhor é maravilhoso e muito satisfatório.


8. Que importância você vê na plataforma Mezcla Mulher? Uma plataforma que é feita por mulheres, para mulheres.

A plataforma Mezcla Mulher possui informações muito úteis e importantes sobre autocuidado para as mulheres. Percebo que seu planejamento é executado cuidadosamente, por uma equipe feminina multiprofissional. Contém depoimentos de mulheres reais, que inspiram e dão um suporte para outras mulheres.

Ela representa o universo feminino e como faço parte desse universo, me sinto muito acolhida.

61 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mudar