Buscar
  • Kitty Lopes

8 de março, o dia dedicado às mulheres do mundo.


Crédito, GETTY IMAGES - Estados Unidos - 1913

Muitas pessoas acreditam que a data comemorativa do Dia Internacional das Mulheres, foi criado pelo comércio ou surgiu a partir do incêndio em uma fábrica têxtil em Nova York, no ano de 1911, quando 146 trabalhadores morreram carbonizados, sendo 125 mulheres e 21 homens. O dia dedicado às mulheres do mundo, 8 de março, vem de lutas femininas históricas, sérias, genuínas e profundas.

Para compreendermos melhor como surgiu o Dia Internacional das Mulheres, é necessário fazermos uma breve linha do tempo.

Em maio de 1908, nos Estados Unidos, mil e quinhentas mulheres se juntaram aos homens, em uma manifestação pela igualdade política e econômica no país, caracterizando a primeira manifestação com adesão feminina. Em 1909, um protesto reuniu no centro de Nova York mais de 3 mil mulheres que buscavam melhores condições de trabalho. Esse protesto, culminou meses depois, em uma longa greve que fechou quase 500 fábricas americanas na área têxtil. Em 1910, o movimento nas fábricas se espalhou na Europa. No mesmo ano, durante a II Conferência Internacional de Mulheres Socialistas na Dinamarca, foi criada e aprovada uma resolução para a celebração de uma data comemorativa dos direitos das mulheres. O objetivo dessa criação dessa data era honrar as lutas femininas de maneira universal. Segundo os registros que se tem hoje, a proposta era de uma jornada anual de manifestações pela igualdade de direitos das mulheres.


Crédito, GETTY IMAGES - Rússia, 1917


No ano de 1913, mulheres americanas já protestavam pelo direito ao voto. Nessa época, os protestos por melhores condições de trabalho também eram frequentes.

Em 1917, na Rússia, milhares de mulheres saíram às ruas protestando contra a fome e contra a Primeira Guerra Mundial (1914 a 1918). Nesse dia, cerca de 90 mil mulheres, marcharam pelas ruas, reclamando de jornadas duras de trabalho, que chegava a 16 horas diárias, 6 dias da semana. A greve comandada por elas, nesse ano, deu início a Revolução Russa. O protesto ficou conhecido como "Pão e Paz" e contribuiu com a origem do Dia Internacional da Mulher.

Em Londres, o cartaz ressalta “O FUTURO É FEMININO”. Foram anos de inúmeras batalhas e lutas quase sempre desiguais.

A data de comemoração ao Dia Internacional da Mulher, só foi oficializada em 1975. Ano em que a ONU (Organização das Nações Unidas), intitulou “Ano Internacional da Mulher”, para lembrar de todas as conquistas femininas nas áreas sociais e políticas.

Atualmente, o dia 8 de março é cada vez mais celebrado por nós mulheres: como o dia em que, precisamos nos fazer lembrar e mostrar ao mundo nossas reivindicações de direitos e igualdade de gênero. Essa desigualdade permanece até hoje, em 2021.

Nossa missão é lembrar todos os dias. É acolher as novas gerações de mulheres e trazê-las para perto. E nunca deixar apagar essa chama que foi acesa no início do século, por aquelas mulheres incríveis! Afinal, hoje, somos o que somos graças a elas. E só a união feminina é que nos fará cada dia mais fortes.


Crédito EPA – Londres - cartaz O futuro é feminino






29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mudar